X Fechar

BLOG

LEMNISCATA: esse nome [quase] impronunciável

8 de novembro de 2018.

Nesse dia, recebi uma mensagem do Marcelo – CEO da booq, me convidando para conhecer o novo - e moderno - espaço da empresa, e que gostaria de saber por onde eu estava e se tinha interesse em conversarmos. Havia encerrado um contrato em outra empresa há algumas semanas... fui!

Acompanho a ascensão e o sucesso da marca há algum tempo. Confesso: não havia percebido que os dois “ós” da palavra booq formavam o símbolo do infinito, conhecido como “oito deitado”: a Lemniscata!

Depois, pensei: o dia – 8 de novembro; o ano – 2018; o símbolo... algo me convidava a aceitar o desafio!

O símbolo Lemniscata – o símbolo do infinito – é a representação da forma sem começo e que não tem fim.

Se somos finitos, nossos sonhos são infinitos.
Se somos finitos, nosso espírito é infinito.
Somos finitos; o universo é infinito.

Se os primeiros humanos parassem de sonhar quando descobriram o fogo, quando inventaram a roda, quando criaram o número zero, não teríamos hoje a nanotecnologia, o genoma humano, a exploração das galáxias, a internet... os aplicativos! Ah, os aplicativos: como conseguíamos viver sem eles?

A booq carrega, na sua essência, a marca e a inspiração do infinito. A evolução – em todos os sentidos – é uma constante no nosso dia a dia. O desejo de retomar, de recriar, de repaginar, de recomeçar é o que nos move.

As possibilidades são infinitas. Há sempre um plano B, um novo jeito de fazer. Não deu certo? Reinventamos, recomeçamos. Sem crise, sem stress, com equilíbrio. Como nos ensina o símbolo do infinito.

Nossos relacionamentos estão se desmanchando?
Nossos planos profissionais estão parados?
Nossa empresa, nossa loja está estagnada?
Lemniscata!

Não há início, não há fim... há sempre um novo olhar, uma nova atitude, um novo degrau a subir.

Todos somos Lemniscata: somos a eternidade, a continuidade, o eterno retorno.